VAMOS À LUTA

 em Noticias

Lamentos somente não bastam. Os registradores imobiliários estão se mobilizando para apoiar o tão sonhado projeto do Presidente Lula sobre a casa própria, intitulado "Minha casa, minha vida". E aí pergunta este humilde tabelião camponês, onde estão os notários que ainda não acenaram positivamente no apoio ao Projeto da Casa Própria. Será que nos acovardamos por temor à gratuidade? Que venha a gratuidade, mas que não percamos a oportunidade de "lavrar as mágicas escrituras", tão sonhada pelo Povo Brasileiro. Devemos dar o que temos para dar, pois somente assim haveremos de receber a recompensa merecida. Dizem que quem dá aos pobres, empresta a Deus.
Tivemos certa culpa pelo espaço que perdemos. Certa vez, tive notícia que um conceituado tabelião em um dos mais conhecidos Estados da Federação brasileira, na ocasião da Lei que instituiu o SFH, nos anos de 1964, recusou as escrituras do antigo BNH, alegando que não havia possibilidade de atender inúmeras gratuidades. E qual foi o resultado? Fomos brindados pelo descaso, pois aquela legislação determinou que os contratos particulares do Sistema Financeiro da Habitação passassem ao caráter de Escritura Pública. Assinado, vai ao Oficial do Registro de Imóveis.
Depois desta, inúmeras transações deixaram nossas notarias.
Vamos pensar ….

Últimos posts

Deixe um comentário

Comece a digitar e pressione Enter para buscar