Connection Information

To perform the requested action, WordPress needs to access your web server. Please enter your FTP credentials to proceed. If you do not remember your credentials, you should contact your web host.

Connection Type

DIARIAMENTE, FALO COM OS MEUS BOTÕES, . . .

 em Diversos

 

Diariamente, falo com os meus botões, sobre a situação dos Notários e Registradores do Brasil, pois, já venho a preocupar-me com ela de há muito tempo, tendo aumentado a preocupação quando, praticamente, aniquilaram com o Registro Civil das Pessoas Naturais, colegas esses, a quem presto as maiores das homenagens, pois, continuam a batalhar, embora ainda estejam calados como os meus botões e, diariamente, fico entristecido com a conversa, pois, falo, falo, falo e os meus botões de mim, fazem ouvidos de mercador.

 

Diariamente, leio as mais variadas e diversas notas postadas por  grandes colegas que, realmente se importam com a classe, pois, batalhadores incansáveis e dos poucos a dizerem que, precisamos fazer alguma coisa e rápido para salvar a todos nós. Até o presente momento, não deu em nada. É uma tristesa.

 

Diariamente, leio colegas dizendo que, temos de fazer isso e aquilo outro, pois, já não podemos mais suportar tantos ataques e pressões e, nada de concreto acontece ou fazemos acontecer.

 

Aqui e acolá um de meus botões me dá um aperto ou um beliscão na barriga, olho para ele e pergunto: o que foi que eu fiz ?, e ele, calado como sempre, nada diz, nada fala, nada faz, como igualmente, cada um de nós.

 

Colegas, posso até já os estar a aborrecer, pois, na esperança de que, os aborrecendo, passarão a ter atitudes, assim pretendo continuar, mandando um grande abraço a todos e, ao abraçá-los, o meu botão, como aperta e dá um beliscão em minha barriga, com certeza, dará igualmente, um grande aperto e um beliscão na barriga de cada um de vocês. Pena que não tenhamos botões em nossas cabeças.

VAMOS ACORDAR TODOS OS NOTÁRIOS E REGISTRADORES DORMINHOCOS E, MOSTRAR A VERDADEIRA FORÇA DA CLASSE MAIS ANTIGA E BRIOSA DO BRASIL

 

 

Últimos posts
Showing 0 comments
  • JOSÉ ANTONIO ORTEGA RUIZ
    Responder

    Caríssimo colega e amigo Dr. ROBSON DE BRAGA CASTELO BRANCO, também falo com meus “botões” não diáriamente, mas diuturnamente. E é conversa séria. Confesso-lhe que tenho aqui guardadas as devidas e reais proporções várias idéias principalmente no tocante ao REGISTRO CIVIL, que se não são novidades, são apertões e “beliscões” em mim mesmo e também… deixa para lá, nos outros é que não são, pois como disses, continuo calado como sempre…nada fiz e nada faço, mas tenho sim estado acordado por todos esses tempos, assustado, mas acordado, confiante, e até ensaiei no grupo cartórios, um chacoalhão em mim e nos que “dormem”, por omissão, comodismo, e o que mais equivalha, cada um com seus problemas, mas que todos deviamos torná-los nossos problemas, desde que digam respeito à essa valorosa classe NOTARIAL e REGISTRADOR CIVIL e as demais. Não sou dirigente de nada e de coisa alguma, não participo de reuniões, mas sou sim associado tanto da ANOREG-PR quanto do CNB-Brasil, não sei se isso serve de alguma coisa, algum alento, mas tento e como tento, em conversas com os demais colegas, muitos deles que não são associados a serem, para que possamos juntos, tentar melhorar essa situação, pois se nem conseguimos nos organizar nas nossas ASSOCIAÇÕES quanto mais só de cobranças vazias e inúteis, pois nós, fora de nossas associações somos nada mais que isso, vozes isoladas como um televisor sem som. Exagerado? Posso ser, mas se, e isso não é ideia minha e nem serei o primeiro a dizer, não TIVERMOS REUNIÕES DESCENTRALIZADAS nem que vá apenas dois ou três, e não tivermos um representante de nossas associações NOS CONDUZINDO ou esclarecendo procedimentos, INFELIZMENTE, sem medo de errar, ficamos como “dantes no quartel de Abrantes”. O PRIMEIRO PASSO É ESSE. E como diria o Dr. POISL, nem que seja depois do expediente, no bate papo do bar, num final de semana, com 3, 4, 5 ou …2 mas esse “teti a teti” tem que começar, alias demorou, e se não formos rápidos e constituirmos nessas reuniões que para muitos são improdutivas, e da qual eu era também entusiasta (de não participar), mas já mudei meu conceito, infelizmente, ai, só com os “meus” e o Senhor com os “seus” – BOTÕES. VAMOS ACORDAR NOTARIADO. 200…INOVE, é o ano nosso, NÃO DEIXEMOS ESCAPAR PELAS CASINHAS DE NOSSOS “BOTÕES”. Um abraço.

  • ROBSON DE BRAGA CASTELO BRANCO
    Responder

    Meu Caríssimo colega e admirado amigo JOSÉ ANTONIO ORTEGA RUIZ , com cetresa é assim que vou chama-lo, pois, as tuas intervenções são da mais pura e cristalina realidade e sinceridade, a sinceriddade que deveria brotar de todos nós. Somos frágeis e, nossa fragilidade está a caminhar para o culminamento de nossa futura e quem sabe continuada profissão.
    Escrevo, porque gosto de escrever.
    Dialogo, porque gosto de dialogar.
    Falo, porque gosto de falar.
    E, principalmente, espero, não porque goste de esperar, más, por ser esse o objetivo de todos nós, o de fazer nossos colegas dorminhocos acordarem e nos darem a sua participação tão necessária e, de certa forma até obrigatória. Os cartorários do interior, sitam-se por mim representados, os cartorários das grandes cidades e das capitais, sitam-se por mim incomodados. E, se quizeram, comecem a fazer alguma coisa. Se precisarem de um repassador de recados, podem contar comigo. Más, façam alguma coisa já. Vida Longa aos Notários e Registradores do Brasil.

Deixe um comentário

Comece a digitar e pressione Enter para buscar