Connection Information

To perform the requested action, WordPress needs to access your web server. Please enter your FTP credentials to proceed. If you do not remember your credentials, you should contact your web host.

Connection Type

O que é meio ambiente?

 em Certificação Socioambiental

A literatura técnica e a própria legislação brasileira através de suas leis e resoluções de órgãos como o Conselho Nacional de Meio Ambiente (CONAMA) tem definições mais amplas para este conceito.
Meio ambiente é o conjunto de relações entre os meios físico, biológico e antrópico. Podemos dizer que meio ambiente é como a confiança, não dá pra gente tocar e pegar.
O meio ambiente é assim. É intangível. Tocar numa pedra, na água ou no solo é tocar num elemento ambiental do meio físico. Tocar uma planta, um animal, é tocar num elemento do meio biológico. Tocar numa plantação, num produto industrializado ou num depósito de resíduos sólidos (lixo) é tocar num elemento do meio antrópico ou sócio econômico.
Os principais constituintes do meio físico são as rochas, solos, águas superficiais e subterrâneas, geomorfologia e climas. No meio biológico, os constituintes são a flora e a fauna. E no meio antrópico ou sócio econômico são todas as atividades do homem. Mas afinal o que são as relações? Quando alguém preserva um bioma, protegendo, evitando incêndios, impedindo caça e pesca predatórias, está construindo um tipo de relação com o bioma. Quando alguém vai lá e incendeia um pedaço de mata está estabelecendo uma outra relação entre o homem e o bioma.
Biomas que são constituídos por elementos físicos e biológicos além do antrópico, que interagem entre si dentro de uma relação sistêmica hierarquizada por vários fatores.
Portanto meio ambiente não são apenas as flores e as borboletas que muito nos sensibilizam e das quais muito gostamos. Mas meio ambiente são as relações. E meio ambiente é um conceito antropocêntrico. São as conseqüências de todas as relações entre os meios que são produzidas pelo homem e que podem impactar a própria espécie humana.
Não há sentido no conceito de meio ambiente que não inclua o homem como o centro das motivações, afinal para que serviria um mundo totalmente preservado e em equilíbrio sem a presença do homem? Neste caso nem mesmo a expressão meio ambiente teria sido inventada.
 

Últimos posts
Showing 0 comments
  • Marco Antono Camargo
    Responder

    Esta concepção antropocêntica da realidade preocupa. Ela me parece um erro histórico que a natureza está cuidando de esclarecer. O homem não pode se considerar um ser superior, o ápice da criação – ou da evolução – pois ele não é dono do mundo, mas parte dele. Um mundo preservado e em equilíbrio onde a presença do homem é sustentável (a palavra da moda) é o único modo de conceber um futuro para a humanidade. As mudanças climáticas estão amplamente documentadas e tudo indica que são causadas pela ação do homem sobre o frágil equilíbrio do planeta. Se poucas décadas de crescimento econômico a qualquer custo já causaram tal estrago, imagine-se o que poderá acontecer se não houver mudanças de postura e do padrão atual de desenvolvimento?

Deixe um comentário

Comece a digitar e pressione Enter para buscar